A Canção dos Shenlongs e as Novelas que Deram Certo

O texto a seguir contém spoilers de: A Canção dos Shenlongs. Depois não diga que eu não te avisei…

Fonte: Tumblr – Reprodução

Boa parte da vida de blogueira literária pode ser resumida a gerenciar uma pilha exponencial de livros não lidos (não que eu esteja reclamando, claro). Admiro muito quem consegue ficar alinhadinho aos cronogramas, lendo um livro na semana de lançamento e tal, mas… esse não é o meu ritmo.

Fazia tempo que A Canção dos Shenlongs, obra de fantasia escrita pelo Diogo Andrade, habitava as profundezas do Kindle que carrego na bolsa. Aguardava por um momento oportuno, que finalmente veio: atolada com o mestrado, precisei de uma história rapidinha, que desse pra ler numa única sentada no domingo à noite. E foi assim que me deparei com Mu, protagonista e narrador desta aventura.

Leia Mais


O livro enquanto experiência de leitura

Aqui no TBS, de vez em quando tem resenha, de vez em quando tem técnicas de escrita. Mas às vezes a gente também conversa e faz umas listinhas. Hoje é um desses dias.

Fonte: Claire Hummel – Tumblr – Reprodução

Toda vez que ouço falar na guerra entre livros físicos e ebooks (e, olha, eu escuto isso todo santo dia), me pego pensando sobre como essa competição é rasa. E besta. É rasa porque ela resume um livro somente à história que ele carrega. É besta porque a gente ignora realidades diferentes das nossas. Mas vamos desenvolver melhor esses argumentos contando uma historinha pessoal:

Ano passado comprei um Kindle (eu sei, eu merecia uma placa de fã número #1 da Amazon). Mas não foi uma decisão fácil. Eu, a amante ferrenha dos livros físicos, tive de admitir que os ebooks me trariam benefícios.

Leia Mais


Sobre livros gratuitos, pirataria e a ponta do iceberg

À exemplo do que fiz no post sobre como o Wattpad está influenciando a vida dos autores independentes, vou começar esse texto com uma declaração bem franca: não sou uma autora renomada e nem consigo pagar minhas contas vendendo histórias. Ainda.

(Note que esse “ainda” é puramente uma questão de otimismo. Na base da fé.)

Portanto, tudo o que eu disser a seguir é baseado somente em minhas vivências, percepções ou relatos que encontrei por essas estradas de meu Deus. Possivelmente estarei errada em alguns pontos, e certamente você tem o direito de discordar. Não há garantias de que essa estratégia funcione em todos os cenários, não tenho embasamento científico ou profissional para tanto. Mas acho que sempre vale a pena conhecer um ponto de vista, certo?

Fonte: usborne.com - Reprodução

Fonte: usborne.com – Reprodução

Leia Mais


Especiais – Impressões Black Friday 2015

Eu provavelmente deveria estar trabalhando no próximo post do blog. Mas como consumidora que foi dormir às 3h da manhã garimpando tesouros na Black Friday, senti os dedos coçando pra comentar minhas impressões. Então, vamos fazer uma coisa diferente: um post mais curto, especial, pra gente conversar sobre os descontos do dia 27. ;)

Fonte: theodysseyonline.com - Reprodução

Fonte: theodysseyonline.com – Reprodução

Apesar de carinhosamente apelidada de “Black Fraude” ou “metade do dobro”, a massiva campanha de promoção costuma valer a pena para o setor literário. Não sei se porque livros são itens mais acessíveis quando comparados aos eletrônicos, ou se porque livros baratos servem como  chamariz para que o consumidor compre outros produtos, mas o fato é que sempre acabo encontrando descontos maravilhosos. Então, estava empolgadíssima quando o relógio bateu bateu a meia-noite. Só que as coisas foram um pouco diferentes do que eu estava esperando.

E antes de discutir cada uma destas diferenças, uma frase pra resumir todo o teor do texto: a Black Friday 2015 teve, em todos os aspectos, negativos ou positivos, um funcionamento bastante distinto da Black Friday do ano passado.

Leia Mais