Sobre por que as bruxas de Terry Pratchett são tão incríveis

Tenho uma estratégia para nortear minhas leituras durante o NaNoWriMo desse ano: preciso ler meus autores favoritos para que suas vozes narrativas me inspirem.

Parece besteira, mas quando lemos uma história e partimos para a escrita, muita das características daquele autor são passadas para nós, seus maneirismos e construções sintáticas. Diferente do plágio,  este é um processo subconsciente e completamente natural, como quando você passa certo tempo vivendo em outro lugar e acaba adquirindo um pouquinho do sotaque e das gírias da região. Então, decidi ir direto ao ponto e garantir que tipo de sotaque eu desejo aplicar à minha história.

Terry Pratchett foi uma escolha imediata. Além deste senhor de cartola figurar em destaque entre meus escritores favoritos da vida, ele também é muito bom com textos de humor e com textos sobre bruxas: exatamente as duas coisas que resolvi abordar esse ano.

Suas lindas! Fonte: geekadelphia.com - Reprodução.

Suas lindas! Fonte: geekadelphia.com – Reprodução.

Leia Mais


Pequenos Deuses e suas grandes genialidades

O texto a seguir pode conter spoilers de: Pequenos Deuses. Depois não diga que eu não te avisei…

“O medo é uma terra estranha. Nele, a obediência cresce como milho, em fileiras que facilitam a colheita. Mas, às vezes, nele crescem as batatas do desafio, que florescem no subsolo.”

Já fazia um tempo que eu desejava ler algo no universo Discworld, idealizado pelo falecido Terry Pratchett. Eis que numa dessas reviravoltas do destino, ganhei um exemplar de Pequenos Deuses em um sorteio. Comecei a ler logo em seguida, imaginando que renderia algumas risadas e um post bacana, talvez uma lista. Só não sabia que estava para encontrar um dos meus livros favoritos de todos os tempos. Por isso, com sua licença, pretendo passar o resto do texto a seguir divagando sobre o quanto Pequenos Deuses é uma obra maravilhosa.

Capa da Bertrand e Pratchett numa maravilhosa risada. Foto por Brad Wakefield / SWNS.com - Reprodução

Capa da Bertrand e Pratchett numa autêntica risada. Foto por Brad Wakefield / SWNS.com – Reprodução

Leia Mais